23/10/2019 - 17h50m

SAÚDE

Banco de Leite promove curso de aleitamento materno no HRG

Aldenes Lima

Walkíria Pinheiro destacou que o hospital deve capacitar os seus trabalhadores para fornecer melhor assistência à mãe e ao seu bebê

O Hospital Regional de Gurupi (HRG) tem avançado nas práticas de atendimento humanizado e buscando alcançar a certificação de um “Hospital Amigo da Criança”, selo lançado no mundo inteiro pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e UNICEF, em 1991, para classificar unidades hospitalares que promovem o aleitamento materno no âmbito hospitalar. Neste desafio o HRG está realizando o curso "Promovendo e Incentivando o Aleitamento Materno em um Hospital Amigo da Criança", nos dias 22 e 23 deste mês.

O curso com carga horária de 20h é aprovado pela Escola Técnica do Sistema Único de Saúde Dr. Gismar Gomes (ETSUS), certificará 80 servidores do nosso hospital esse ano de 2019 e a primeira turma conta com 40 servidores.

Segundo a coordenadora da Rede Cegonha e Banco de Leite do HRG, a fisioterapeuta, Jaciara Martins “o HRG tem avançado nas práticas de atendimento humanizado e buscando alcançar a certificação de um Hospital Amigo da Criança. O curso é o segundo dos dez passos para a conquista desse selo de qualidade conferido pelo Ministério da Saúde”, destacou.

Para a coordenadora estadual dos Bancos de Leite do Tocantins, a nutricionista Walkíria Pinheiro “é super importante para o hospital capacitar os seus trabalhadores para fornecer melhor assistência à mãe e ao seu bebê e assim proporcionar à mesma condições para que consiga amamentar com sucesso. O curso trabalha a mudanças de práticas inadequadas, a humanização  e as boas práticas do parto e nascimento, assim como a melhor assistência no alojamento conjunto as orientações sobre aleitamento materno, o respeito à Lei chamada NBCAL, a qual controla o marketing abusivo dos produtos que compete com amamentação”, explicou.

Ainda segundo Walkíria, na capacitação “também falamos sobre a garantia dos pais terem livre acesso aos bebês internados na unidade intermediária. Dessa forma conseguimos melhorar o aleitamento materno, prevenindo o desmame precoce e aumentando as taxas de aleitamento materno contribuindo para a melhor saúde do bebê e da mãe”, enfatizou.

A ginecologista e obstetra atuante no HRG, Dra. Fabiana Cândida de Queiroz, afirmou que “o curso sobre amamentação é de extrema importância pra que consiga melhora a qualidade de assistência para nossas pacientes. Portanto para podermos abordar a amamentação o ideal é que todos que estejam em conjunto com as pacientes consigam trazer uma boa orientação esse curso esta sendo um sucesso total por que nós temos participantes de diversas áreas do hospital que estão ali diretamente com a paciente então com isso vamos conseguir uma qualidade melhor na nossa assistência final e na saúde da população”.

Deixe seu comentário:

Campanha INSTITUCIONAL - NOVEMBRO   assembleia