07/10/2019 - 20h34m

GIR

Curso de Formação do Grupo de Intervenção Rápida teve aula inaugural

Shara Rezende

Aula inaugural do primeiro Curso de Formação do Grupo de Intervenção Rápida (GIR)

Aula inaugural do primeiro Curso de Formação do Grupo de Intervenção Rápida (GIR) aconteceu neste domingo, 7, às 19h, no Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP Palmas), na capital do Tocantins. 44 pessoas estão participando do Curso de Formação que tem a finalidade de capacitar servidores dos Sistemas Penitenciário e Prisional para atuarem na solução de conflitos no interior dos estabelecimentos prisionais, aplicando os procedimentos e as técnicas adequadas, dentro da legalidade e do uso seletivo da força.

Dos 44 cursistas, 40 são servidores dos Sistemas Prisional e Penitenciário do Tocantins, sendo 39 homens, uma mulher; dois do Sistema Prisional do Maranhão; um do Sistema Socioeducativo do Tocantins e um Guarda Metropolitana de Palmas. O Curso de Formação durará 18 dias em tempo integral.

O secretário da Cidadania e Justiça, Heber Fidelis, fez a abertura do Curso de Formação e destacou que os 44 participantes estão entrando para a história dos Sistemas Penitenciário e Prisional do Estado do Tocantins. “O Curso de Formação do GIR faz parte a estruturação do Sispen do Tocantins, o Grupo trabalhará no reestabelecimento da ordem dentro dos estabelecimentos penais, solucionando conflitos e preservando vidas”, destacou.

O coordenador do Curso de Formação do GIR, Bionor Vaz, falou que o Curso de Formação do GIR está sendo realizado no modo presencial, em regime integral, no formato internato e sem recesso. “Iremos formar o primeiro Grupo de Intervenção Rápida do Sistema Penitenciário do Tocantins para enfrentar todos os tipos de adversidades que se pode encontrar dentro dos estabelecimentos penais”, ressaltou.

Criação do GIR

O superintendente dos Sistemas Penitenciário e Prisional, Orleanes Sousa, informou que o Grupo de Intervenção Rápida (GIR), ligado ao Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO), foi regulamentado através da portaria Seciju/TO Nº 558, de 02 de outubro de 2019 publicada no Diário Oficial do Estado (DOE-TO) nº 5.455, da última quinta-feira, 03.  A portaria dispõe sobre a regulamentação das atribuições do Grupo de Intervenção Rápida (GIR), o Regimento Interno e a estrutura organizacional e administrativa.

Composição

Inicialmente, a equipe do GIR será composto por 32 Agentes de Execução Penal, o quantitativo de vagas poderá aumentar de acordo com a necessidade da administração. “Os integrantes do GIR terão capacitação e aperfeiçoamento permanentes por meio da Escola Superior de Gestão Penitenciária e Prisional (Esgepen) ou de outras instituições, o grupo também deverá reunir-se pelo menos dois dias em cada mês para um treino tático de alinhamento operacional”, informou o superintendente.

Deixe seu comentário:

Campanha A GENTE APROVA    ALCampanha Institucional Dezembro AL