15/10/2019 - 20h26m

SETAS

Governo contribui com a campanha Outubro Rosa com ações da Casa de Apoio

Eliane Tenório

 De janeiro de 2019 até o momento 560 paciente foram atendidas na Casa de Apoio para o tratamento de câncer de mama (Foto: Carlessandro Souza/Governo do Tocantins)

 

Se olhar para se cuidar são atitudes de quem se ama. Ajudar, cuidando das pessoas, é ação realizada pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), que hospeda, diariamente, entre 80 a 126 pessoas, na Casa de Apoio, núcleo de apoio a acompanhantes e pacientes internados nos hospitais públicos de Palmas.

A hospedagem é oferecida gratuitamente a um grande número de pacientes que tratam o câncer de mama. De janeiro de 2019 até o momento 560 paciente foram hospedados na Casa de Apoio, para o tratamento de câncer de mama.  

A paciente Fábia Cristina Alves, 49, é de São Felix do Xingu, Pará, a 787 km de Palmas,desde 2013 vem realizando o tratamento de um câncer de mama, no Hospital Geral de Palmas. Ela conta que registrou em um caderno livro, com fotos e escritos contando a sua historia de vida, momentos de luta, força, apoio e vitórias. “A Casa de Apoio foi essencial, primordial porque na verdade a gente não tinha nem onde ficar. Estava com um câncer já avançado e os médicos disseram que eu tinha apenas seis meses de vida, mas decidiram fazer o tratamento”, conta.

Fábia conta também que quando chegou  na Casa Vera Lúcia  recebeu carinho e apoio. “É muito ruim você estar numa cidade e não ter para onde ir. Chega em casa ter uma cama para deitar, lençol limpinho, atendimento das assistentes sociais  e de todos os que trabalham aqui . A casa de apoio é muito importante para nós, muito maravilhosa”, diz feliz.

“Nesse momento em que a gente fala sobre câncer se sente rejeitada. Aqui a se sente valorizada, apoiada. Recebe outras atenções além da alimentação, sobre o que a gente deve comer e o que não devemos”, conta sorrindo. “Muito importante se sentir útil, se sentir valorizada”.

A hóspede falou também das melhorias na estrutura física ocorridas, em 2019, com o apoio do Governo do Tocantins e das doações feitas por voluntários. “Antigamente a gente não tinha nem ventilador e hoje já temos ar condicionado. O apoio religioso dado na casa é muito importante porque é o que nos dá força para lutar e acreditar que é possível vencer a doença”, afirmou.

Outra que também está em tratamento do câncer de mama é Anália Coelho Barros, 69, do município de Sandolândia. Ela agradeceu os cuidados recebidos na instituição, contou que vinha duas vezes por semana para realizar o tratamento, e por meio de uma amiga conheceu a Casa de Apoio. “Aqui um carro leva a gente e traz de volta, e temos ar condicionado para não ficar expostos ao calor. Pra todo lado que a gente vai recebe apoio, é uma benção”, afirmou.

Ações

Na Casa de Apoio as pessoas contam com uma atenção especial do governo do Estado no momento em que mais precisam. Para proporcionar segurança, conforto e a proximidade dos familiares com os pacientes internados, ou mesmo àqueles que receberam alta médica e ainda não voltaram para a sua cidade de origem, o governo oferece acomodação na Casa de Apoio. Os hóspedes são selecionados nos hospitais públicos de Palmas e encaminhados pelas assistentes sociais para a hospedagem.

Além da hospedagem, a instituição também fornece as principais refeições para pacientes e acompanhantes.  Somente de janeiro a setembro deste ano, a Casa atendeu mais de 16 mil pessoas vindas do interior do Tocantins e até mesmo de outros estados.

Além da acomodação, a casa promove serviços de apoio aos internos como orientação psicológica, pedagógica, assistência social e um cronograma diversificado de atividades, como realização de palestras, atividades religiosas, contação de histórias e até minicursos de crochê e bombons artesanais, um meio de oportunizar lazer, aprendizado e apoio espiritual, aos internos, durante o tempo de hospedagem. Os hóspedes são selecionados nos hospitais públicos de Palmas e encaminhados pelas assistentes sociais.

Estrutura

A Casa de Apoio está localizada a cerca de 200 metros do Hospital Geral de Palmas (HGP). A instituição foi entregue à população em 18 de abril de 2006, e desde então já hospedou mais de 230 mil pessoas vindas dos 139 municípios tocantinenses e também de outros estados. Sua estrutura física é composta de mais de 100 leitos equipados com beliches, cozinha, brinquedoteca, sala interdisciplinar, parquinho e área de convivência social e capela.

Deixe seu comentário:

Campanha INSTITUCIONAL - NOVEMBRO   assembleia