01/11/2019 - 18h34m

EDUCAÇÃO

O Enem começa neste domingo; confira dicas para fazer uma prova tranquila

Philipe Bastos

Como forma de auxiliar no preparativo dos estudantes, a Seduc realizou dois simulados para o Enem 2019 (Foto: Elias Oliveira / Governo do Tocantins)

 

As provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) começam a ser aplicadas neste domingo, 3, em todo o Brasil. No Tocantins, 46.249 estudantes farão o exame em busca do ingresso em uma instituição de ensino superior.

A Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) listou dicas e orientações que vão apoiar os candidatos para evita imprevistos na prova, ou sejam eliminados por qualquer motivo. Vale lembrar que estas dicas também estão disponíveis nas redes sociais da Secretaria.

1 – Horário

Até o ano passado, o Brasil contava, nesta época do ano, com o horário de verão. Desta forma, como o Tocantins não estava inserido neste contexto, os portões eram abertos uma hora antes do horário de Brasília.

Em 2019 não haverá horário de verão. Assim, a abertura e fechamento dos portões seguem o horário de Brasília, ou seja, os portões abrem às 12h e fecham às 13h no Estado. Por isso, fique atento e procure com antecedência o local onde realizará as provas.

As provas começam pontualmente às 13h30 e terminam às 19h. Preste bastante atenção e administre bem seu tempo para não ficar sem preencher o gabarito e finalizar a redação.

2 – Documentos

Candidato sem identificação não pode entrar no local da prova. Para fazer o Enem, é necessário apresentar documento de identificação original, oficial e com foto. Não são aceitas cópias simples ou autenticadas, nem como, documentos sem foto e qualquer documento em formato digital. Se você perdeu, ou teve documento roubado, apresente boletim de ocorrência expedido por órgão policial, com validade de no máximo de 90 dias.

Confira os documentos válidos:

•          Cédulas de Identidade expedidas por Secretarias de Segurança Pública, Forças Armadas, Polícia Militar e Polícia Federal.

•          Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados.

•          Carteira de Registro Nacional Migratório.

•          Documento Provisório de Registro Nacional Migratório.

•          Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenha validade como documento de identidade.

•          Carteira de Trabalho e Previdência Social.

•          Certificado de Dispensa de Incorporação.

•          Certificado de Reservista.

•          Passaporte.

•          Carteira Nacional de Habilitação com fotografia.

•          Identidade funcional.

3 – O que levar

Se atente aos materiais que são obrigatórios para a realização do exame.

A caneta deve ser preta e de corpo transparente para preenchimento do gabarito.

Um item que não é obrigatório, mas que é aconselhável levar, é o cartão de inscrição impresso. Nele contém todas as informações sobre o local de prova, número da sala, entre outras.

4 - Alimentação

É uma prova extensa, por isso, não esqueça de sua garrafa d’água e do lanche para comer durante a prova. Opte por alimentos leves, como frutas, barras de cereal, castanhas e suco. O chocolate pode ajudar a dar energia, mas cuidado, pois o Tocantins é um estado muito quente e o chocolate pode derreter.

5 - Boa prova

“No mais, meu conselho é que fiquem tranquilos e se concentrem nos conteúdos que foram estudados durante todo o ano letivo sejam nas escolas ou nos aulões preparatórios do Projeto #ToNoEnem. Tenho a certeza de que, com foco e concentração, todos aqueles que se prepararam para o Enem farão uma excelente prova. Boa sorte a todos!”, desejou a secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes. Adriana Aguiar.

Deixe seu comentário:

Campanha INSTITUCIONAL - NOVEMBRO   assembleia