29/10/2019 - 20h32m

CIDADANIA E JUSTIÇA

Servidores do Governo do Tocantins participam de oficina de prevenção aos maus-tratos e fortalecimento de vínculos familiares

Vitória Soares

Capacitação está sendo realizada entre os dias 28 e 30 de outubro

Com intuito de fortalecer o trabalho desenvolvido para a garantia de direitos das crianças e dos adolescentes, servidores do Governo do Tocantins, lotados na Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), estão participando da oficina “Bons-tratos em Família: prevenção dos maus-tratos e promoção e fortalecimentos de vínculos familiares saudáveis” que faz parte do Programa Claves Brasil. A ação está sendo promovida pela Associação de Promoção de Cidadania (Aproci), com apoio da Seciju e da Associação Tocantinense de Conselheiros Tutelares. A oficina iniciou nesta segunda-feira, 28, e vai até quarta-feira, 30, em Palmas.

As capacitação tem foco no fortalecimento da tarefa educativa de famílias, instituições e comunidade, dentro disso, trabalha questões como: a realidade das famílias no Brasil, comunicação afetiva, resolução de conflitos de maneira não violenta, combate a violência doméstica, entre outros. Nesta oficina estão participando sete servidores da Seciju, sendo quatro da Superintendência do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e Adolescente e três da Diretoria de Direitos Humanos.

O superintente do Sistema de Proteção dos Direitos da Criança e Adolescente, Gilberto da Costa, está participando da oficina e ressalta a importância dessa ação para o fortalecimento do trabalho desenvolvido pela superitendência. “É um curso riquíssimo que nos abre o olhar para as dificuldades enfrentadas pelas famílias na construção de lares melhores. Com todo esse aprendizado creio que estaremos melhores capacitados para lidar com as famílias em situação de vulnerabilidade e com isso poder dar a elas um melhor atendimento”, afirmou.

A gerente de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente da Seciju, Rejane Pereira, relata que participar da capacitação está sendo uma oportunidade de aprender sobre instrumentos importantes para a promoção dos bons-tratos em família. “Essa capacitação vem contribuir muito com o desenvolvimento do nosso trabalho, pois são ferramentas lúdicas de promoção dos bons-tratos em família. De como fomentar o desenvolvimento de habilidades de comunicação mais afetiva, a fim de favorecer um crescimento e o desenvolvimento mais saudável das crianças e adolescentes”, contou.

A diretora dos Direitos Humanos da Seciju, Sabrina Ribeiro, também está participando da oficina e afirma que o conteúdo aprendido auxilia no desenvolvimento de atividades da rede de proteção às pessoas com vulnerabilidade. “Nós lidamos com pessoas em situações de vulnerabilidades e precisamos dessa capacitação, um exemplo disso é quando não conseguimos tirar a mulher de uma situação de violência por não entender o contexto familiar. Seja relacionada às mulheres ou aos outros públicos, como os idosos, a capacitação vem de encontro esses anseios, pois enquanto rede de proteção, precisamos ter bem claro os encaminhamentos que devem ser adotados”, explicou.

Claves Brasil

O programa Claves Brasil tem como proposta a promoção de bons tratos, prevenção dos maus-tratos e da violência sexual na infância e na adolescência. Dessa forma, busca fornecer capacitação para que pessoas e grupos que lidam com crianças, adolescentes e grupos familiares desenvolvam ações nesses cenários. O programa atua em três áreas: capacitação e oficinas; elaboração de recursos didáticos e campanhas de sensibilização pública e protagonismo infanto-juvenil.

Deixe seu comentário:

Campanha INSTITUCIONAL - NOVEMBRO   assembleia